Médicos divididos quanto à pilinha dos bebés

25 de outubro de 2007

A pele da pilinha dos bébes deve ser puxada para trás para evitar infecções e circuncisões? Há 20 anos esta era a prática corrente, mas hoje a classe médica divide-se, criando nos pais um clima de dúvida.

Ler notícia.

1 comentários:

Helena Jardim disse...

Ooooooohhhhhhh!! Deixemos os bebes e a sua pilinha em paz!

Vamos aqui fazer dois grupos:
1. Crianças com patologia urológica e infecções urinarias recorrentes. Sim, a circuncisão está indicada e é defendida pelos urologistas pediátricos.
2. Os outros casos...o aperto é fisiológico nas idades precoces. É claro que para lavar bem, no banho, tem que se puxar um pouco a pele...um pouco, nunca forçar...e isso basta para que com o tempo o prepucio vá naturalmente retraindo, deixando a glande acessivel...Se se força, quer seja medico ou pais, pode fazer-se fissuras que fibrosam e apertam ainda mais!
Crianças com verdadeiras fimoses que fazem balanites de repetição ou que não resolvem ate aos 3 a 5 anos, provavelmente não resolverao mais e tem que fazer circuncisão...
mas, nada de dramas....deixem as pilitas em paz...

Nas meninas...o equivalente - coalescencia dos pequenos lábios - o raciocinio é o mesmo - o tempo resolve isso. O cola descola só serve para fazer uma ponte de fibrose que pode ser muito importante e depois precisar de cirurgia a sério...

Deixemos as "miudezas" deles em paz...banho diario, sem desinfectantes nem produtos agressivos como os toalhetes... um pano macio e água para a mudança das fraldas é o melhor.