As novas regras nas taxas moderadoras

17 de outubro de 2011

Muito se falou nos últimos tempos sobre as novas regras a aplicar nas taxas moderadoras da Saúde e respectivas isenções.

Consulte aqui as novas regras, adaptadas de um artigo do Diário Económico, que está muito acessível e fácil de compreender.

1 - Quem mantém a isenção das taxas moderadoras, independentemente dos rendimentos? As grávidas, crianças até 12 anos, pessoas com incapacidade superior a 60%, doentes transplantados, dadores benévolos de sangue e de órgãos, bombeiros e militares e reformados das forças armadas incapacitados não têm de fazer prova de condição de recursos. Nestes últimos três casos (dadores, bombeiros e militares) a isenção só se aplica aos cuidados primários, ou seja, os que são prestados ao nível dos Centros de Saúde.

2 - Os doentes crónicos também passam a pagar?
O princípio mudou. Agora isenta-se a doença e não o doente. Um doente com cancro, por exemplo, continua a estar isento de todos os tratamentos e consultas inerentes a esta doença. Mas se partir uma perna, terá de pagar pelos cuidados médicos.
Leia o artigo completo: http://economico.sapo.pt/noticias/as-novas-regras-nas-taxas-moderadoras_127958.html

1 comentários:

Ministério da Saúde disse...

Olá, blogueiro(a)!

Através da campanha Combata a Dengue do Ministério da Saúde, você pode ajudar a acabar de vez com o mosquito Aedes aegypti.
Seja nosso parceiro e faça parte dessa caminhada que visa mostrar como é simples combater a dengue.
O Brasil conta com você!
Se tiver interesse em colocar algum material da campanha em seu blog, entre em contato com a gente pelo e-mail comunicacao@saude.gov.br
Para saber mais sobre a campanha, acesse: www.combatadengue.com.br
Você também pode nos seguir no Twitter: www.twitter.com/dengue_MS
Estamos também no Facebook! Confira: www.facebook.com/minsaude?sk=app_110819375702256


Obrigado,
Ministério da Saúde