Doar um rim é seguro para o dador

20 de fevereiro de 2009

Os dadores de rim seleccionados cuidadosamente podem viver tanto como os que não doaram esse órgão e não experimentam uma deterioração significativa da função renal, segundo indicou um relatório publicado no New England Journal of Medicine.

Os investigadores analisaram a taxa de filtração glomerular (TFG), a albuminuria, a hipertensão, o estado de saúde geral e a qualidade de vida de 255 dadores cujas cirurgias realizaram-se em 2003 ou depois desse ano.

A qualidade de vida não foi afectada pela doação e de facto, os dadores, muitas vezes têm melhores resultados do que a população em geral, revelam os autores.

Ler mais:

2 comentários:

Odete disse...

Olá.
Tenho feito uma pesquisa sobre a existência de uma possível associação de dadores. O meu interesse surge depois de ter doado um rim ( 22/09/09)ao meu filho. Será que me podem dar mais algumas informações? Obrigada

Criança e Rim disse...

Olá Odete e bem-vinda ao Criança & Rim!!

Antes de mais, parabéns pelo seu gesto! Deve ter corrido tudo bem, pois ainda mal passou 1 semana e já anda preocupada com outras coisas!!

Quanto a Associação de Dadores, de facto não conhecemos. Existem as 2 Associações de Doentes Renais (APIR e ADRNP), cujos links estão na barra lateral do blog.

No entanto, aqui no Criança & Rim não somos elitistas... Acolhemos doentes, familiares, profissionais e... claro... dadores! A Vanda, também fundadora do blog, doou também o seu rim ao filho Gonçalo, quando ele tinha ainda 2 anos. A Natália doou o seu rim ao irmão há precisamente 1 ano! A Sandra doou o seu rim ao filho Diogo. A Ana Cristina é mais assídua, mas foi o marido dela que lhe doou o rim! A Ana Luísa também foi a mãe que lhe deu o rim!

Se quiser conhecer-nos melhor, visite-nos no fórum em http://pub42.bravenet.com/forum/static/show.php?usernum=3551440163&frmid=42&msgid=0
ou no Facebook em http://pt-pt.facebook.com/criancaerim

Tudo de bom,

Marta Campos
Criança & Rim