Proteja-se do frio!

1 de fevereiro de 2012


A exposição ao frio pode ter consequências graves para a saúde. Os grupos mais vulneráveis ao frio são os bebés e as pessoas idosas, pois não têm grande percepção das alterações de temperatura, isto é, não sentem muito frio no Inverno, tal como não sentem muito calor no Verão. Estão também particularmente em risco as pessoas que:
  • Têm doenças crónicas, em especial cardíacas, vasculares, respiratórias, reumáticas, diabetes e doenças da tiróide;
  • Têm perturbações da memória, problemas de saúde mental, alcoolismo, ou demência;
  • Tomam certos medicamentos como psicotrópicos ou anti-inflamatórios;
  • Têm redução da mobilidade;
  • Têm dificuldades na realização das actividades da vida diária;
  • Estão mais isoladas;
  • Estão em situação de exclusão social.
Tenha em atenção as recomendações gerais para o frio publicadas pela Direcção-Geral de Saúde. Aqui estão algumas das mais importantes:
Em casa:
  • Mantenha a casa arejada, abrindo um pouco a janela/porta para evitar acumulação de gases;
  • Calafete janelas e portas para evitar a entrada de ar frio e a saída do calor acumulado;
  • No caso de prever-se a aproximação de um período de grande frio ou neve forte, faça as suas compras alimentares e outras que cheguem para um período de 2 a 3 dias para evitar ter de sair de casa;
  • Verifique se tem medicamentos suficientes;
  • Evite dormir/descansar muito perto do aquecimento;
  • A utilização de botijas de água quente deve ser feita sempre sob vigilância para evitar o risco de queimadura.
Vestuário:
  • Cubra as extremidades (mãos, pés, cabeça);
  • Não use roupas justas: dificultam a circulação sanguínea;
  • Use várias camadas de roupa em vez de uma única muito grossa.
Cuidados de higiene:
  • Mantenha a higiene pessoal;
  • Tome banho com água morna: água muito quente remove a camada protectora natural da pele;
  • Mantenha a pele hidratada: hidrate todo o corpo não esquecendo mãos, pés, cara e lábios.
Alimentação:
  • Coma com mais frequência: encurte as horas entre as refeições;
  • Coma mesmo que não sinta muita fome, em especial sopas e bebidas quentes (leite, chá);
  • Comer alimentos ricos em vitaminas e sais que protegem contra infecções;
Exercício físico:
  • Deve manter a prática de exercício físico: aumenta a produção de calor e a circulação de sangue;
  • Não fazer exercício físico intenso ou ao ar livre e evite arrefecer com a roupa transpirada no corpo;
  • Faça pequenos movimentos com os dedos, os braços e as pernas: evitam o arrefecimento do corpo;
  • Continue a beber água durante a actividade física para evitar a desidratação.
Outras recomendações:
  • Evite entrar e permanecer em locais fechados e com grande concentração de pessoas, onde se transmitem os vírus, em particular, a gripe;
  • Evite o contacto com outras pessoas doentes.
  • Mantenha-se atento aos avisos das Autoridades de Saúde, do Instituto de Meteorologia e da Autoridade Nacional de Protecção Civil.
  • Em caso de emergência ligue o 112.
  • Para mais informações ligue para a linha Saúde 24: 808 24 24 24.
Fonte: DGS

1 comentários:

Helder disse...

Só tenho uma coisa a dizer: "Está mesmo frio!" BRrrrrrrr