Sabia que... O cranberry pode prevenir as infecções urinárias?

1 de julho de 2008

As infecções urinárias mais comuns são as que afectam o tracto urinário baixo, sendo vulgarmente classificadas como cistites e apenas afectam a bexiga. Estas infecções não são muito complicadas. Porém se não forem tratadas atempadamente, poderão ter repercussões graves, atingindo outros órgãos como os rins, podendo chegar mesmo à corrente sanguínea.


Este tipo de infecção afecta principalmente as mulheres, devido à anatomia do seu aparelho urinário e genital: a uretra é mais curta do que a dos homens e, além disso, a vagina e o ânus estão muito próximos. Normalmente, a cistite é provocada por bactérias, como a Escherichia coli (apelidada vulgarmente de colibacilo), que são originárias da flora intestinal e progridem ao longo da uretra atingindo a bexiga e formando infecção.

Os sintomas característicos deste tipo de afecção resumem-se a uma necessidade urgente de urinar, o que acontece com frequência. A micção é acompanhada por uma sensação de ardor e dor e a urina apresenta-se turva e com um cheiro desagradável. São ainda comuns dores abdominais. O diagnóstico baseia-se, fundamentalmente, no conjunto de sintomas descritos e o médico pode ainda solicitar uma análise à urina. O tratamento comum recorre ao uso de antibióticos. De um ponto de vista mais natural, existem formas complementares que, juntamente com a medicina tradicional, poderão contribuir para aliviar esta sintomatologia.

No que respeita aos suplementos, a vitamina C é extremamente importante, pois ajuda a acidificar a urina, tornando a bexiga um ambiente menos propício ao desenvolvimento de bactérias. Realça-se ainda o facto de que esta vitamina ajuda a fortalecer o sistema imunitário. O uso de produtos à base de equinácea é também comum, devido às suas propriedades anti-inflamatórias. O extracto de oxicoco (ou arando-vermelho) é, segundo inúmeros estudos, muito útil na resolução de infecções urinárias. Esta planta (Vaccinium macrocarpon e em inglês cranberry) tem sido usada tradicionalmente, com resultados positivos, pois pensa-se que a sua acção se deve ao facto de impedir que as bactérias se fixem às paredes do aparelho urinário, onde normalmente causam lesões. Verificou-se, nalguns estudos, que o sumo deste fruto ajudava a proteger o tracto urinário de infecções causadas por bactérias, com uma taxa de 73%. Pode consumir este fruto sob a sua forma natural, através de sumo ou ainda através de chá. Sob a forma de cápsulas, recomenda-se que opte por extractos estandardizados. Outra planta útil é a uva-ursina (Arctostaphylos uva-ursi) que ajuda a acalmar o ardor e a irritação ao urinar. São altamente recomendáveis os probióticos (acidophilus e bifidus), especialmente quando se efectuam tratamentos com antibióticos, pois estes suplementos ajudam na reprodução das bactérias benéficas.

É deveras importante que ao longo do dia seja ingerida uma grande quantidade de água ou outros líquidos. Os tradicionais chás de pés de cereja e de barbas de milho são uma opção. A ingestão de líquidos aumenta o fluxo de urina, ajudando a eliminar as matérias nocivas do organismo. Deve urinar sempre que sentir vontade. Do ponto de vista dietético, deve evitar o consumo de alimentos muito condimentados e bebidas alcoólicas.Existem ainda determinados conselhos relacionados com a higiene diária que deverão ser observados e encarados como formas preventivas de situações recorrentes. Deve beber um copo grande de água, antes e após as relações sexuais. Também, antes das relações, deve urinar, contudo não deve esvaziar totalmente a bexiga. A lubrificação deve ser perfeita e, em alguns casos, o uso do preservativo tem evitado as recorrências. A região anal deve ser limpa de diante para trás e a lavagem com produtos íntimos de pH ácido podem ajudar. Use roupa interior de algodão não apertada em detrimento das fibras sintéticas. Relembro que, como referi no início, as infecções urinárias podem desencadear situações graves, pelo que o conselho do seu médico é imprescindível.

Pedro Lôbo do Vale
Médico

Fonte: http://www.celeiro-dieta.pt/index.php?id=95&art=105

7 comentários:

Susana Carinhas disse...

Mas que interessante este post! Não sabia que se podia prevenir/curar as infecções urinárias de modo natural sem utilização de antibióticos!!

Mt Obrigada pela informação!!

Helena Jardim disse...

Muito util e muito usado na nefrologia pediatrica...

O arando é o mirtilo vermelho...

Para os mais interessados pedi às nossas moderadoras para inserirem o trabalho de uma aluna do 6ª ano da Fac de Medicina do Porto, Alexandra Castro, sobre o assunto.

Os probioticos, tambem estao descritos como terem uma acção benefica
Nada disto esta provado à luz da medicina baseada na evidencia, mas...mal não fará.

Susana Carinhas disse...

Exacto, tudo o que é natural, em príncipio, não faz mal aos transplantados.
Eu antes de fazer o transplante, perguntei aos meus médicos se podia fazer termas para tratamento dos problemas renais e eles disseram logo que sim... Mas tb me disseram que nada me resolveria, pq tinha mesmo que fazer o tratamento e o transplante.
E realmente, não faz mal nenhum realizarmos actividades ou comermos coisas naturais!

Alda Físico Pedroso disse...

Estou com uma infecção urinária Escherichia coli,já vai para uns 5 anos. Em Março fui a um urologista, fiz um TAC aos rins e acusou quistos.

Já tomei muitos antibióticos, mas quase sempre tomo furadantina. Tomei em Abril e agora estou a tomar outra vez, a diferença é que estou também a beber uns chás. Bebo 1,5l por dia ou mais de chá de pés de cereja, barbas de milho e alfavaca.

Queria saber a sua opinião, uma vez que ouvi dizer que os chás podem ser uma boa alternativa aos antibióticos. Já estou há 5 anos com estas infecções e estou a ficar preocupada.

Criança e Rim disse...

Alda,

Bem-vinda ao Criança & Rim. Sugerimos que coloque a sua questão no nosso Fórum: http://pub42.bravenet.com/forum/3551440163 pois poderá obter mais visibilidade e contribuições.

Obrigada.

Anónimo disse...

Ola, what's up amigos? :)
In first steps it is really good if someone supports you, so hope to meet friendly and helpful people here. Let me know if I can help you.
Thanks in advance and good luck! :)

Anónimo disse...

Hi everybody! I do not know where to start but hope this place will be useful for me.
I will be happy to get some help at the beginning.
Thanks and good luck everyone! ;)