Deflux - Tratamento para o Refluxo Vesicoureteral

10 de setembro de 2007


O Deflux® é um produto utilizado actualmente para a correcção do refluxo vesicoureteral. O refluxo vesicoureteral define-se pelo fluxo de urina desde a bexiga para o ureter ou para o ureter e rim através da junção uretero-vesical, que normalmente deveria ser estanque (consultar artigo da Prof. Helena Jardim para mais informação sobre o RVU).

Este refluxo surge porque o orifício que une o ureter à bexiga é anormalmente largo. O método clássico de correcção do refluxo consiste em fazer a reimplantação do ureter, isto é, fechar esse orifício e recolocar o ureter noutro ponto da parede vesical (da bexiga), com um orifício menor. No entanto, desde finais dos anos 90 que surgiu esta nova técnica, o Deflux, que consiste em injectar um gel por via endoscópica, reduzindo a abertura do orifício e criando uma espécie de válvula, que impede que a urina flua de novo para o ureter e/ou para o rim.

A cirurgia é muito menos invasiva do que a técnica clássica, o que significa um tempo de recuperação menor, com resultados bastante satisfatórios. No caso do meu filho, que possuía refluxo bilateral, parece que foram ambos resolvidos com recurso ao Deflux. A cirurgia foi feita em ambulatório, o que significa que teve alta no mesmo dia da operação. Teve anestesia geral, mas todo o procedimento durou cerca de 1 hora e poucas horas depois já estava de volta ao normal.

Ler artigo sobre a infecção urinária na criança.

Para mais informações, consulte o site do Deflux®.

NOTA: No momento em que escrevo este artigo, o site do Deflux não está disponível. Em substituição, sugiro a leitura deste folheto, dos Children’s Hospitals and Clinics of Minnesota.

14 comentários:

Helena jardim disse...

Este tipo de tratamento só deve ser alternativa quando se põe a hipótese de correcção cirurgica do RVU. Nunca deve substituir o tratamento conservador.

gracinete disse...

Olá eu me chamo Gracinete e eu tenho uma filha de 6 anos e ela tem RVU, pois a Drª vai aplicar o DEFLUX e ela pediu que eu comprasse ela me deu o endereço de WWW.q-med.com mas eu não consegui não aparese nehun campo para comprar, você sabe de algum endereço ou Nº de telefone? por favor me ajude.

Grata


Gracinete

Marta Campos disse...

Olá Gracinete,

Penso que nos esteja a contactar do Brasil. Nós estamos em Portugal e aqui o Deflux apenas é comprado a nível hospitalar, penso que não pode ser comprado por particulares.

De facto, esse endereço que refere (q-med.com) é da empresa que produz o Deflux. Pode consultar aqui http://www.q-med.com/Sites/QMEDcom/Templates/Page.aspx?id=24773 a lista de distribuidores do Deflux a nível mundial. Não tem nenhum no Brasil, mas tente contactar um dos outros países (Chile, por exemplo) e saber se é possível adquirir directamente o Deflux.

Se o hospital não tem possibilidades económicas de o adquirir, sugira à sua médica que façam eles a encomenda e depois a Gracinete lhes pague os gastos.

Boa sorte!

Araújo disse...

Olá pessoal, alguem queria o nr no Brasil?

Telefone que veio na bula do Deflux 0800 282 9968
Q-Med Brasil importadora com. imp. de prod med. Lda. Ava das Américas, nr 500 - bloo 09 , sala 123 - Barra da Tijuca - RJ.
e-mail: info.brazil@q-med.com

Meu filho acabou de fazer aqui no Brasil (DEZ/08) uma aplicação de Deflux. O caso dele é bilateral (graus IV e II)e está com 3 anos e 4 meses.

A etapa ambulatorial foi como disseram, mas algo muito estranho aconteceu logo após e ainda não consegui entender principalmente depois de ter visto o DEFLUX(made alemanha) nas minhas mãos.

O primeiro xixi dele pós operatório foi muito doloroso para ele... além do xixi, detectamos ar, sangue e uma residuo cinza/chumbo (parecia pó / bolinhas de metal muito pequenas) com um forte cheiro de metal.

Coincidencia ou não com esse residuo (quando questionei via telefone o assitente do médico, que me afirmou ser resíduo do Delux), meu filho teve em menos de 18 horas pós cirurgia bexigoma. Ele não consegui urinar e tivemos que passar um sonda de alivio (q retirou uns 350ml de xixi). Depois de mais 6 horas outro ausencia de xixi e tivemos que voltar para o hospital e colocar um sonda de demora que ficou 3 dias com ele em casa. Junto a isso ele teve febres de 39,2 e repentinamente um forte dor de garganta que fez mudar o antibiotico.

Ele sofreu muito no pós e ficou muito aquém do que esperavamos em termos de trauma/inavsão para ele, pois, ser sondado 2x em menos de 40hrs pos cirurgia sem anestesia foi muito ruim para ele.

No terceiro dia tirou a sonda e o medico comentou que nunca tinha acontecido isso com os seus outros pacientes.

Depois de um forte trabalho psicologico conseguimos trazer de volta a ele a confiança e alegria em ter o penis/xixi funcionando normalmente.

Ele está bem mas nem se compara com o que passou perto do primo que fez anteontem o mesmo procedimento e aplicação do Deflux... mas com outro médico e em outra cidade.


ALGUEM PASSOU POR ISSO?
Sabe-se me dizer o que pode ter ocorrido? E esse residuo com forte ardor de ferro e de cor cinza/chumbo?? O que era?

Se alguem quiser trocar ideias por e-mail estou à disposição.
gjmaraujo@gmail.com

Boa sorte a todos!

Anónimo disse...

Boa noite ! meo nome é Hildemar e tenho um filho que precisa urgente deste remédio deflux e tanbem não encomtro para compra só através do Hospital, por favor pesso para quen estar lendo este reacado e saiba aonde compra que me mande um e-mail idelmarnascimento@yahoo.com.br

Criança e Rim disse...

Olá Hildemar,

Nós estamos em Portugal, mas o contacto que já alguém deixou em relação ao Brasil é:

Telefone que veio na bula do Deflux: 0800 282 9968
e-mail: info.brazil@q-med.com
Av Américas, 500 bl 9 lj 123
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ

Tel: (21) 3139-9968

Anónimo disse...

olá, gostaria de saber se algum plano de saúde cobriria o valor do deflux.

Criança e Rim disse...

Caro(a) Anónimo(a) das 20:44,

De que país nos escreve? Em Portugal, se esta intervenção for feita no sistema público, é coberta na totalidade pelo Estado. Não sei como é no privado, mas poderei tentar saber.

Se nos escreve do Brasil, não tenho informação.

Cps,

Marta Campos

Catarina disse...

olá sou mãe de uma menina de 6 anos com refluxo do lado esquerdo e de grau IV nunca a nefrologista me falou do deflux!!!
Temos andado a vigiar todos os anos e já não toma o trimetroprim que tomou dos 10 meses até aos 5 anos por enquanto ainda não fez nenhuma infecção urinária.A médica tem andado a adiar a operação de ano para ano,graças a deus,mas será que algum dia vai ter de ser operada???ou viver assim para sempre??

Criança e Rim disse...

Catarina,

A hipótese cirúrgica, seja o deflux, seja a reimplantação, é sempre a última opção. Se a sua filha está estável sem medicação nem nada, provavelmente não será preciso fazer mais nada, é porque o crescimento já se encarregou de resolver o problema.

De qualquer forma, quando diz que a nefrologista anda a adiar a operação, se for preciso fazê-la, terá que ser encaminhada para uma consulta de cirurgia e nessa altura o cirurgião irá apresentar-lhe as opções possíveis. À partida, o deflux é uma opção, tal como a reimplantação dos ureteres.

Mas pode ser que nada disto seja preciso. Para já, parece bem encaminhado!

Boa sorte,

Marta Campos

simone barbosa disse...

Boa noite, tenho um filha de 07 anos que ja realizou a cirurgia de RVU no hospital Darcy Vargas em SP, exatamente dia 01/07/2014, depois disso ela ja teve 03 infeccoes de urina sem febre, gostaria de saber se este ocorrido é normal pós cirurgia, e o que fazer par evitar as infeccoes, grata

simone barbosa

simone barbosa disse...

Boa noite, tenho um filha de 07 anos que ja realizou a cirurgia de RVU no hospital Darcy Vargas em SP, exatamente dia 01/07/2014, depois disso ela ja teve 03 infeccoes de urina sem febre, gostaria de saber se este ocorrido é normal pós cirurgia, e o que fazer par evitar as infeccoes, grata

simone barbosa

Anynha Lima disse...

Minha filha tem 44dias de nascida e tem rvu de grau 1e o médico disse qq tem q operar, estou muito assustada pois pelo qq li aqui só com medicação ela ficaria boa o que faço???

Anynha Lima disse...

Minha filha tem 44dias de nascida e tem rvu de grau 1e o médico disse qq tem q operar, estou muito assustada pois pelo qq li aqui só com medicação ela ficaria boa o que faço???